Armadilha luminosa para borboletas noturnas

A observação e o estudo de borboletas noturnas é uma atividade apaixonante. Há, até, um certo misticismo envolvido. Envolve a instalação de uma armadilha luminosa numa noite escura e longas horas de contacto com a…

Noites Europeias das Borboletas Noturnas 2012

Nesta 9ª edição das Noites Europeias das Borboletas Noturnas, optei por organizar algumas sessões de observação aqui na zona. Os motivos para esta decisão foram variados mas, na verdade, julgo que se conhece muito pouco acerca dos heteróceros da região e qualquer contributo para o seu estudo será sempre muito bem-vindo.

Em todas as sessões foi utilizada uma lâmpada de vapor de mercúrio de 125W com um sistema de armadilhagem horizontal.

Noite 1 – Casal Novo, Amor

Esta noite funcionou, essencialmente, como ensaio geral para o equipamento, aqui utilizado pela primeira vez. Tratando-se de uma zona habitacional, com pequenas áreas agrícolas, muitas casas e bastantes eucaliptos, a expetativa não era muito elevada. Apesar de tudo, apareceram cerca de 13 espécies distintas durante as 3 horas desta sessão.

Drepanidae:

  • Watsonalla uncinula (Borkhausen, 1790)

Geometridae:

  • Chloroclystis v-ata (Haworth, 1809)
  • Hemithea aestivaria (Hübner, 1789)
  • Idaea biselata (Hufnagel, 1767)
  • Idaea degeneraria (Hübner, 1799)
  • Idaea ochrata  (Scopoli, 1763)

Thaumetopoeidae:

  • Thaumetopoea pityocampa (Treitschke, 1834)

Noctuidae:

  • Autographa gamma (Linnaeus, 1758)
  • Oligia strigilis (Linnaeus, 1758)
  • Pechipogo plumigeralis Hübner, 1825

Nolidae:

  • Meganola albula (Denis & Schiffermüller, 1775)

Erebidae:

  • Coscinia cribraria (Linnaeus, 1758)
  • Phragmatobia fuliginosa (Linnaeus, 1758)

 

Phragmatobia fuliginosa, uma colorida espécie da qual apareceram 2 indivíduos.
A Coscinia cribraria, curiosamente, apareceu na forma pontinhada, típica do norte do país.
A processionária foi uma das espécies omnipresentes ao longo destas noites.

 

(mais…)

Close Menu