Após o grande terramoto de 1755, por ordem do Marquês de Pombal, os párocos de todo o reino responderam a um extenso inquérito cujo objetivo era a avaliação geral do estado do território nacional. A transcrição que se segue é uma adaptação da resposta dada pelo pároco da Marinha Grande, o Padre Cura João António.

1º Em que Província fica e que Bispado, Commarca, Termo e Freguesia pertence?
O lugar da Marinha e sua freguezia está situada na Província da  Estremadura para a parte do mar e junto ao Pinhal Real e pertence ao Bispado de Leiria de cuja cidade hé termo e commarca.

2º Se hee del-Rei, ou Donatario, e quem o hé ao prezente?
Do sobredito lugar da Marinha e lugares que lhe pertencem he senhor o Senhor Dom José primeiro deste nome e Rey deste Reino que Deus guarde.

3º Quantos visinhos tem e o numero das pessoas?
A sobredita Marinha, e lugares que lhe pertencem tem duzentos e sessenta e outo vezinhos; e outocentos e setenta e sete pessoas, excepto os que não chegão ao uzo da razão.

4º Se está situada em campina, valle ou monte; e que povoações se descobrem della e quanto dista?
O mesmo lugar da Marinha e freguezia está situada em campo, e do dito lugar da Marinha somente se descobre pella parte do nascente a Serra da Redinha que vem a ajuntar-se com a do Patello distancia do dito lugar à Redinha outo para nove legoas; e ao Patello se vão sinco para seis legoas e da parte do Sul a serra que chamão a dos Carvalhos que dizem chega a Serra do Montejunto distancia deste lugar ao dito monte des para onze legoas e aos Carvalhos tres para quatro legoas; e de alguns dos lugares da sobredita freguezia se descobrem algumas povoaçoens como se dirá ao numero sexto.

5º Se tem termo seo: que logares ou aldeas comprehende, como se chamam? E quantos visinhos tem?
A sobredito lugar da Marinha nem algum dos lugares pertencentes a freguezia tem termo proprio porque toda ella pertence ao termo da cidade de Leiria, excepto hum moinho que está no sitio de Agoa de Madeiro que a parte do dito moinho que fica para a parte do Sul pertence ao termo da villa de Alcobaça e a que fica parte do Norte pertence ao termo de Leiria; e fas moer este moinho, que tem duas pedras huma levada de agoa que nasce na raiz de huma rocha que esta por sima do dito moinho.

6º Se a Parochia está fora do lugar ou dentro delle? E quantos lugares ou aldeias tem a Freguezia, e todos pelos seos nomes?
Dentro do sobredito lugar da Marinha, que consta de noventa e dous vezinhos, e trezentas e sinco pessoas, e cabeça da Freguezia, está a Igreja Parochial cuja freguezia consta dos lugares seguintes:

  1. O lugar do Engenho, que consta de vinte e tres vezinhos e setenta pessoas.
  2. O lugar da Gracia que consta de trinta e sinco vezinhos e cento e dezanove pessoas.
  3. O lugar das Trutas, assim chamado por se acharem no ribeiro que por elle passa algumas trutas, que consta de doze vezinhos e trinta e seis pessoas.
  4. O Cazal da Hembra, que consta de tres vezinhos e quatorze pessoas.
  5. O Casal de Pero Neto, que consta de seis vezinhos e dezanove pessoas.
  6. O lugar da Marinha Pequena, que consta de outo vezinhos e dezanove pessoas. E destes dous ultimos lugares se descobre o sitio do Senhor dos Milagres e castello da cidade de Leiria, em distancia de legoa e meia para a parte do Nascente; e a hermida de Nossa Senhora do Desterro que está no pé da serra defronte do lugar das Cortes, em distancia de tres legoas. E dos mesmos lugares em distancia de legoa se descobrem, para a parte do Norte, o lugar da Coucinheira e Cazal dos Claros, Freguezia de Amor; e em distancia de legoa e meia Riba d’Aves, Freguezia de Souto; e em distancia de sete legoas a Serra d’Aguieiros e Monte Real que he villa em distancia de duas legoas; para a parte do Sul, em distancia de legoa, se descobre a capella de Santo Antonio de Alcogulhe.
  7. O lugar do Fagundo, que consta de sete vezinhos e vinte e quatro pessoas.
  8. O lugar da Albergaria, que consta de seis vezinhos e vinte e duas pessoas.
  9. O lugar de Picassinos, que consta de vinte e quatro vezinhos e sesenta e outo pessoas.
  10. O Casal da Cumeira, que consta de seis vezinhos e vinte e seis pessoas.
  11. O lugar da Ordem, que consta de trinta vezinhos e cento e dezouto pessoas.
  12. O lugar do Torneiro, que consta de doze vezinhos e trinta e tres pessoas. Deste lugar para a parte do Poente se descobre o lugar da Abrunhoza, distancia de hua legoa e freguezia de Patayas; e para a parte do Sul o lugar da Mouta, em distancia de meia legoa que tambem he da freguezia de Patayas; e para a parte do Nascente se descobre em distancia de hua legoa, o lugar d’A dos Pretos, freguezia de Maceira.
  13. O sitio de São Pedro de Muel junto ao mar que consta de quatro vezinhos e quatorze pessoas; deste sitio se descobre a Serra de Peniche em distancia de des legoas e o forte de Nazareth, distancia de tres legoas.
  14. O sitio de Agoa de Madeiro não tem morador porque o que beneficia o moinho do dito sitio he hum morador de hum dos sobreditos; e fica este moinho junto ao mar a parte do Sul como fica dito no numero quinto.

7º Qual hé o seo =Orago=, quantos altares tem e de que Sanctos; quantas naves tem; se tem Irmandades: quantas e de que Sanctos?
O orago da sobredita freguezia he Nossa Senhora do Rozario, cuja igreja consta de tres altares, a saber: o altar mayor, com o Sanctissimo Sacramento; outro altar collateral da parte dereita com a invocação de Nossa Senhora da Conceição e o altar da parte esquerda, com a invocação de Nossa Senhora do Rozario. Não tem naves, mas tem duas Irmandades, hua de Nossa Senhora do Rozario, e outra das Almas.

8º Se o parocho hé cura, vigairo ou reitor ou prior ou abbade, e de que apresentação hé e que renda tem?
O parocho da sobredita freguezia he cura annual e he aprezentado pello Excellentissimo e Reverendissimo Senhor Bispo de Leiria e rende o dito curato cento e vinte mil reis.

9º Se tem beneficiados: que renda tem e quem os aprezenta?
10º Se tem conventos e de que religiosos ou religiosas e quem são os seus padroeiros?
11º Se tem hospital: quem o administra e que renda tem?
12º Se tem casa de Misericordia e qual foi a sua origem e que renda tem? E o que houver de notavel em qualquer destas cousas.
Aos numeros nove, dés, onze e doze, não há que dizer couza algua, porque não há.

13º Se tem algumas ermidas e de que Sanctos e de outros, dentro ou fora do lugar, e a quem pertencem?
Tem a sobredita freguezia tres hermidas, huma dentro do lugar da Gracia com a invocação de Santa Barbara, e pertence aos moradores do dito lugar; outra na Real Fabrica do Engenho da Madeira, com a invocação de São Joze, e pertence a Sua Real Magestade, que Deos guarde; e outra no sitio de São Pedro, com a invocação do mesmo Santo e pertence ao Reverendo Cabido da Sé de Leiria.

14º Se acodem a elles romagem sempre ou em alguns dias do anno e quaes são estes?
À sobredita capella de São Pedro vão em procissão e romaria em o ultimo dia do mes de Julho, de tarde, as duas freguezias de Carvide e Monte Real, com suas bandeiras e cruzes; e ao primeiro dia do mes de Agosto vão tambem em procissão e romaria a sobredita freguezia da Marinha e freguezia de Amor, aonde há sermão e missa rezada no fim da procissão em obsequio ao mesmo Santo. E alem disto, ao sobredito sitio vão pessoas de varias partes desde o São João athe septembro, tomar banhos ao mar que está contiguo à sobredita capella e sitio.

15º Quaes são os fructos da terra que os moradores recolhem com maior abundancia?
Os frutos que produzem as terras desta freguezia he milho que os moradores recolhem em maior abundancia.

16º Se tem juis ordinario de camara ou se está sujeita ao governo das Justissas de outra terra e qual hé esta?
17º Se hé couto, e a cabesa do conselho, honra ou behetria?
18º Se há memoria de que florecessem ou della sahiram alguns homens insignes de virtude, letras ou armas?
19º Se tem feira, e em que dias, e quantos dura, e se hé franca ou captiva?
Ao decimo sexto, decimo septimo, decimo outavo, decimo nono numeros não há que dizer.

20º Se tem correio e em que dias de semana chega e parte? E se o não tem de que correio se serve e quanto está a terra aonde elle chega?
Não tem esta terra correo mas vallemsse os seus moradores do correio da cidade de Leiria; e se vão entregar as cartas ao Domingo e esperar as que vem à quinta-feira.

21º Quanto dista da cidade capital do Bispado e quanto de Lisboa, capital do Reino?
Dista este lugar e freguezia da cidade de Leiria, capital do Bispado, duas legoas e da cidade de Lisboa, vinte e quatro legoas.

22º Se tem alguns privilegios, antiguidades ou outras cousas dignas de memoria?
Tem a sobredita freguezia no lugar do Engenho, distancia do lugar da Marinha hum quarto de legoa, a Real Fabrica da Madeira, com seu engenho para serra-lla, alem das muitas serras que há em todo o anno para fabricarem mais madeira. E neste lugar da Marinha está a fabrica dos vidros, aonde se fabrica não só vidro cristalino mas também vidraças com seu engenho de moer os materiais para a dita feitura dos vidros, o qual faz mover hua levada de agoa. E tem pella parte do Poente o pinhal bravo, que he de Sua Real Magestade, que Deos guarde, o qual tem de largo quazi de duas legoas, e de comprido tres legoas, e em redondo dizem que tem sete legoas no qual se achão varios animais como porcos bravos, coelhos, lobos e texugos.

23º Se há na terra ou perto della alguma fonte ou lagos celebre; e se as suas aguas tem alguma especial virtude?
Não há nesta freguezia nem perto della agoa especial, mas tem tres ribeiros, que hum tem o seu nascimento aonde chamão a Venda, freguezia de Maceira, distante deste lugar da Marinha meia legoa pouco mais; e entra o tal Ribeiro pellos lugares de Picassinos, Fagundo e Albergaria, todos desta Freguezia, em cuja Ribeira há quatro moinhos que moem com a mesma agoa; outro Ribeiro que nasce nesta mesma freguezia aonde chamão a Ordem e desta agoa se aproveita o engenho da Fábrica de Vidro, já mencionado no numero vigesimo segundo; e outro Ribeiro tem o seu nascimento no Cazal da Hembra desta freguezia, e com esta agoa moem dous moinhos que estão na Ribeira das Trutas. E todos estes Ribeiros se vão meter na valla Real do Campo de Leiria, distancia de duas legoas pouco mais ou menos.

24º Se for porto de mar, descreva-se o sitio que tem por arte ou por natureza, as embarcaçoens que o frequentam e que pode admitir.
25º Se a terra for murada, diga-se a qualidade de seos muros; se for praça d’armas, descreva-se a fortificação; se há nella ou no seu districto algum castelo ou torre antiga e em que estado se acha ao presente?
Aos numeros vinte e quatro, e vinte e sinco não há que dizer couza alguma.

26º Se padeceo alguma ruina no Terramoto de 1755 e em quê e se está já reparado?
Não se conheceu neste lugar nem em toda a freguezia no tempo do terramoto ruina alguma.

Todo o sobredito hé o que posso informar a respeito dos interrogatorios incluzos.
Marinha, 31 de Março de 1758.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close Menu