No decorrer das deambulações de todos os apaixonados pelo mundo natural, é inevitável surgirem situações em que a escolha entre o papel de mero observador ou de interveniente ativo se torna difícil. As situações de predação são disso um exemplo claro. Assistir à luta desigual entre espécies diferentes requer, por vezes, algum distanciamento psicológico e sangue frio.

Quando me preparava para fotografar esta rã-verde, Pelophylax perezi (López-Seoane, 1885), não imaginava que, minutos depois, a vida deste minúsculo ser chegaria ao fim. De um momento para o outro, porém, apercebi-me que ela se debatia procurando libertar-se de algo.

Predação: Natrix maura vs. Pelophylax perezi
Rã-verde, Pelophylax perezi

 

Quando a cobra de água viperina, Natrix maura (Linnaeus, 1758), abandonou o seu esconderijo, percebi que a vida do pequeno anfíbio estava presa por um fio. À luta defronte da minha objetiva, associou-se então uma luta interna: intervir ou não?

As imagens que se seguem, eventualmente chocantes, refletem a minha opção.

Predação: Natrix maura vs. Pelophylax perezi
Cobra de água viperina, Natrix maura vs. rã verde, Pelophylax perezi

 

Predação: Natrix maura vs. Pelophylax perezi
Natrix maura vs. Pelophylax perezi

 

Predação: Natrix maura vs. Pelophylax perezi
Natrix maura vs. Pelophylax perezi

 

Predação: Natrix maura vs. Pelophylax perezi
Natrix maura vs. Pelophylax perezi

 

Predação: Natrix maura vs. Pelophylax perezi
Natrix maura vs. Pelophylax perezi

 

Predação: Natrix maura vs. Pelophylax perezi
Natrix maura vs. Pelophylax perezi

 

E a vossa opção? Qual seria?

This Post Has One Comment

  1. Está brutal, fantástico registo! Eu também não interviria…
    Na última foto até parece que a cobra tem patas.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Close Menu